Não Se Nivele Por Baixo

propelsuccessimage“Não se nivele por baixo…”

Certa vez, minha filha tinha uma tarefa escolar que se tratava de fingir ser a inventora de algum produto já existente nos dias de hoje; e, criar uma campanha convincente para o uso do mesmo. Ao me apresentar a campanha que fez, elogiei (ficou bacana). Mas, sabendo que ela adora os produtos da Apple, retruquei: “Ué… pensei que fingiria ter inventado o IPhone”. Ao que ela respondeu:”Eu não me acho tão inteligente a este ponto”. Na mesma hora respondi que ela é inteligente, criativa e que tem que acreditar que pode realizar o que quiser e blá, blá… finalizei dizendo: “não se nivele por baixo”. Disse isso porque há tanta gente torcendo contra. Há gente que tem um pavor enoooorme de ver uma conquista de outrem. Como se a pessoa, de certa forma, com sua conquista, mesmo sem saber, a atingisse em suas próprias inseguranças e fracassos. Sem falar no preconceito também: O preconceito se você estudou mais ou menos que elas, o preconceito se você ganha mais ou menos que elas, o preconceito sobre as suas escolhas e… até sobre sua dignidade e valores. Há também os mensageiros do apocalipse que, por incrível que pareça, só conseguem ver calamidades na vida dos outros e fazem de tudo; mas de tudo mesmo, para que o outro CREIA que aquela perspectiva dele é a realidade do futuro do outro:”olha.. não adianta você tentar isso… vai dar em nada.” .. ” Olha, caia na real… “… Para todos estes casos… há alguns medicamentos:

1. Pergunte-se: ” O que meu Eu Superior diz sobre isso?”

2. Que exemplo esta pessoa realmente tem para lhe dar? Permaneceu a vida na zona de conforto ou se arriscou em algo?

Há muitas questões a fazer… Mas, a maior certeza, sem arrogância alguma, sempre com humildade, que alguém deve ter na vida é : nunca, nunca, se nivele abaixo do que crê “poder conquistar ” e “se tornar”. Não importa a idade, as perdas, os fracassos. Isto não significa ganhar sempre; também não significa nunca ficar na pior. Significa que você foi lá, deu o salto mais alto que pôde dar. E, acredite, por experiência própria, não se deixe levar pelos inúmeros preconceitos e textos mal resolvidos e apocalípticos; porque no final de tudo… a sua intenção foi de acertar, de fazer dar certo.

Não há vergonha em ser bem sucedido; nem vergonha em se dar mal. Não há vergonha ou culpa em ser próspero; ou, o oposto , ter dificuldades financeiras. Apenas, seja você mesmo, com as perdas, ganhos, pedras, violetas, etc…Não dê ao outro o direito de nivelar suas aspirações e sonhos, pelos deles…

Por fim…“NÃO SE NIVELE POR BAIXO”. 

Até o próximo post ! Adoraria ler seus comentários 🙂

Coach Rejane Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s