Sobre “O Seu Melhor Ano de Sempre”

Estava em momento de recolhimento, pensando em novos rumos que estou planejando para o ano de 2012. Fiz um levantamento, daqueles e dentre muitas coisas que consegui realizar foi a minha formação em Coach e a decisão de aplicar o coaching em todos os aspectos de minha vida. Sabe como é… se não dá para vivenciar; não dá para aplicar.

Se tivesse que classificar o trabalho de coaching em algumas poucas palavras e, em algumas poucas ferramentas, diria que este livro do qual falo neste post/ resenha, seria uma espécie de “cubo concentrado de coaching”, sim daqueles que não posso citar o nome aqui, que tem diversos sabores:galinha, carne,etc… Pois é…

Estava em busca de alguma mensagem realmente positiva, construtiva e, como gosto da palavra, que remetesse à ação: funcional ! para compartilhar com meus queridos leitores.

“O” livro,cujo título original é:”Your Best Year Yet, Jinny S. Ditzler” ( O seu Melhor Ano de Sempre), leva o leitor através de 10 perguntas importantes que, se respondidas com considerável dedicação, tornará o seu próximo ano, e estamos falando de um ano que já bate à porta, 2012, um dos mais produtivos de sua vida, porque terá a oportunidade de criar um verdadeiro plano de ação. O auto questionamento (a auto reflexão), é uma das ferramentas mais poderosas de todo processo de coaching. Como estamos falando de Coaching, o que paira na mente não fica somente no sonho, no abstrato. Uma das principais características de um processo de coaching está na maximização do tempo e recursos para o alcance de resultados. Portanto, aproveite e coloque aquela música, a sua bebida predileta, papel, caneta e… entre fundo em um plano de ação que poderá ser a alavanca para promover um ano novo cheio de realizações palpáveis.

Tudo bem, você pode até nem acreditar em “decisões de fim de ano” ou resoluções de fim de ano, como queira. Mas, você sabe porque não consegue cumpri-las? (parar de fumar, emagrecer,etc)…. Vou escrever uma frase de Joel Barker:

“Uma visão sem ação é mero passatempo; uma ação sem uma visão, não passa de um sonho;uma visão com ação… Pode mudar o mundo”

Psiu !!! já venho falando em outros posts sobre atração e ação… não adianta responder às perguntas na cabeça somente: faça um verdadeiro decreto para que isso tudo não vire um passatempo.E, se possível, aproveite que está colocando a sua nova agenda em dia (eletrônica ou física) e adicione os prazos e as tarefas.

Um outro ponto importante a ressaltar é que você não vai se tornar um prisioneiro do que está Cocriando. Portanto, vou cumprir o meu papel de coach e te dar uma dica para quando se sentir assim:

1.Concentre-se nos ganhos(não no que possivelmente abrirá mão; ou, o que “poderá parecer” um sacrifício)

Para isso, responda às seguintes perguntas:

“Você consegue imaginar como vai se sentir ao obter esta conquista?”

“Quais sentimentos/sensações lhe ocorrem?”

Sinta esta vitória, estes ganhos, esta alegria, os cheiros, o ambiente, as pessoas que estarão ou não celebrando com você, que roupa estará (ou não!rs) usando !

Agora Escreva tudo isso porque vai precisar !

Muitas pessoas não conseguem alcançar os seus objetivos, porque simplesmente desistem…

“Ah, menina, não aguentei tanto sacrifício!”

Jogue este pensamento para fora de sua mente ! Não se transforme no seu maior inimigo…

IMAGINE a mágica de se ver daqui a X tempo (no prazo que estabeleceu), sendo recompensada por si mesma pelo seu esforço e dedicação. Sem contar que a lei da atração também trará mais meios a teu favor.

2.Não tenha medo: seja destemida(o), atrevida(o)!

Os objetivos magnânimos podem ser quebrados em metas. Como costumam dizer os americanos“baby steps”. Um passo de cada vez, passos de bebê. Quebre um objetivo magnânimo em blocos de chocolate ! Se o seu objetivo é emagrecer, use outro termo “ blocos de felicidade!”

A cada meta alcançada com êxito, se permita um pequeno mimo que o estimule a ir adiante. Se não conseguir cumpri-la totalmente…

3.Não se culpe !

A meta é só sua, você é o único responsável em superá-la. O tempo também é seu.

Se a meta não foi alcançada em sua plenitude, lembre-se da dica No.1. Leia-a e inspire-se !

O que estou compartilhando com você, não faz parte do “Mundo de Pollyana” (se bem que ser Pollyana, de vez em quando, faz bem também), não está distante da realidade de nos sentirmos fracassados e vencidos em alguns momentos.O autor do livro tem um olhar muito íntimo com esta realidade que faz parte da natureza do que é “Ser Humano”. E posso provar, pelo que Jinny, o autor, escreveu.

“Se olharmos para nossas vidas veremos claramente quantas tarefas sem importância, as chamadas “responsabilidades”, se acumulam para serem cumpridas… Um mestre compara-os a “manutenção de um sonho” Dizemos a nós mesmos que queremos passar mais tempo realizando as  coisas mais importantes na vida, mas nunca há tempo para elas” ~ Rinpoche

Jinny-“no momento em que terminamos de fazer tudo o que tem que ser feito, estamos cansados ​​demais para pensar em mais alguma coisa. Gradualmente nos tornamos céticos em relação a algumas coisas; tais como, resoluções de Ano Novo e mesmo os nossos objetivos de vida … Esquecemos como viver nossas vidas, nos lembrando do que fazemos bem; e, portanto, paramos de ter confiança em nós mesmos e em nossa capacidade de ter sucesso… Quanto mais tempo passamos nos colocando nestas situações, nestes sentimentos dolorosos e não reclamamos os nossos sonhos… mais perdemos a nossa capacidade de fazer as mudanças que consideramos “as mais significativas” para nós…

.. Quando não mantemos as promessas que fazemos a nós mesmos, pouco a pouco, nos tornamos mais fracos e passamos a acreditar em nós mesmos um pouco menos a cada dia. E a vida que tanto queremos para nós, se transforma em atalhos fora de alcance”

Consegui convencê-lo(a) a “partir para o abraço?”

Então te convido a acreditar que você é uma campeã/ão !

AS DEZ PERGUNTAS

  1. O que eu realizei? (neste ano de 2010)
  2. Quais foram as minhas maiores decepções?

“Eu não falhei mil vezes. De forma bem sucedida, descobri 10.000 formas de como não funcionaria.”

~Thomas Edison, quando perguntado sobre as inúmeras tentativas do funcionamento da lâmpada. January 1921 issue of American Magazine

3.O que aprendi?

4.Como posso limitar-me e estagnar/possíveis fatores limitadores?

5.Quais são meus valores pessoais?

6.Que papéis eu jogo na minha vida? (Eu mesmo(a),pai/mãe, marido/esposa,filho,amigo(a) executivo(a), empreendedor(a), etc)

7.Qual papel é meu foco principal para o próximo ano?(onde eu preciso dedicar mais tempo e atenção, melhorar, aperfeiçoar)

8.Quais são meus objetivos para cada papel?(liste objetivos para cada um dos papéis que deseja focar no próximo ano)

9.Quais são meus objetivos considerados “Os10MAIS” para próximo ano?

10.Como posso ter certeza de que vou alcançar meus objetivos “Os 10MAIS”? ( coloque indicadores aqui – Sim, chamaremos de KPI´s individuais ! Indicadores Chave de Desempenho- Key Performance Indicators) exemplo:quando eu finalmente conseguir a minha promoção, o meu aumento, comprar o meu carro,conseguir dar mais atenção à minha familia, etc.

Estas podem parecer simples perguntas, fáceis no início. Pode ser que depois de algum tempo, as suas respostas mudem, sejam aprimoradas, mas tome o primeiro passo.

Cada uma das dez perguntas corresponde a um capítulo inteiro do livro.Eu recomendo escrever suas respostas e suas notas em uma caderno especial.Afinal, você ESTÁ preparando o seu melhor ano de sempre e este Plano deve retratar e ser condizente com as suas conquistas !

Dê uma passada no meu post anterior e faça o seu quadro de visualização.Veja, também,outras dicas de sucesso !

Se precisar de ajuda, não hesite em me contactar !

Te desejo muitas felicidades, pax,lux,

Rejane Santos,MSc.

Rejane Santos é Coach e Consultora em Gestão de RH

Para entrar em contato comigo rejsans@gmail.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s